Grupo RS comemora maior produtividade conquistada com a Nuvme

A terceirização é uma solução tão demandada que existe até projeto de lei para regulamentar o trabalho mesmo de operações correspondentes à atividade-fim da empresa. Ou seja, é uma realidade que reflete o quão importante e requisitado é o setor de serviços no Brasil. E foi aproveitando as oportunidades deste mercado que o Grupo RS, de Lucélia (SP), cresceu e se consolidou, marcando presença em quase todo o país, conquistando novos clientes e ampliando os serviços prestados em seus quase dez anos de atuação.

Hoje a empresa oferece serviços de limpeza e conservação, portaria, copa e café, higienização hospitalar, varrição mecanizada, paisagismo e jardinagem, além de limpeza em altura, de fachada, pós-obras, todo aparato de segurança, manutenção de condomínios e controle de pragas.

Diante de soluções tão diversificadas e da variedade de clientes espalhados pelos estados de São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, a necessidade de uma arquitetura de TI capaz de manter as informações organizadas de maneira segura e confiável foi crescendo cada vez mais. Além de uma obrigação, era uma questão de manter e evoluir em eficácia e produtividade.

Para resolver essa questão, o Grupo RS encontrou uma solução que, infelizmente, não se apresentou como a melhor alternativa, porque teve dificuldades em satisfazer os anseios da empresa. Instabilidades no sistema, lentidão, preocupação com a segurança das informações e o custo de manutenção de todo esse aparato estavam pesando negativamente. Havia uma única pessoa responsável pelas demandas técnicas e que dava o suporte sempre que necessário, mas essa realidade criava um nível de dependência muito grande e desvantajoso.

E para completar, a quantidade de informações para organizar, arquivar e tramitar é extremamente volumosa na RS. São aproximadamente 5 mil funcionários, destes 150 são administrativos, e em torno de 50 são usuários diretos do sistema. De acordo com Bruno Teixeira, do setor administrativo, todas essas questões tornaram necessária a busca de uma outra alternativa: “A gente procurava outro fornecedor mesmo, por causa dos problemas que ocorriam. Até tentamos solucionar com a antiga fornecedora, mas não conseguimos resolver”.

Como a Nuvme contribuiu para a mudança na realidade do Grupo RS

Nessa busca é que a empresa encontrou a Nuvme. Após o período necessário para migração da TI para a nuvem, a mudança completa na qualidade das rotinas diárias já foi logo percebida. Agora, o armazenamento das informações fica integralmente remota, em um servidor hospedado na Amazon, um dos mais seguros do planeta — diferentemente do que ocorria antes, quando tudo ficava em um servidor local dentro do prestador de serviços, dependendo de nobreak e refrigeração.

A partir de então, o dia a dia está mais facilitado, a segurança dos procedimentos é maior e o sistema tem mais estabilidade. Sem falar do custo, que reduziu literalmente pela metade em relação à solução anterior. O backup de 100% dos dados é diário e o monitoramento de toda infraestrutura ocorre de maneira intensiva e muito próxima.

Esse ganho em qualidade no trabalho é consequência da solução que a Nuvme oferece ao Grupo RS: ao migrar toda a infraestrutura de TI para a nuvem, a empresa ganhou agilidade, mobilidade no acesso, segurança, além de estar conectada a uma tecnologia de ponta. Porém, muito mais que oferecer uma infra na nuvem, o atendimento faz toda a diferença para que se possa garantir que o bom resultado seja efetivamente completo.

Nesse aspecto, Bruno destaca o suporte da Nuvme como um diferencial extremamente importante e que auxilia bastante nas demandas técnicas da RS: “O atendimento da Nuvme é muito bom. Imediato. Sempre que a gente precisa tem alguém para dar assistência”.

Segundo ele, são vários os profissionais da equipe RS que demonstram satisfação com o atendimento personalizado, a proximidade entre cliente e fornecedor, a flexibilidade que a nuvem permite e a rapidez na execução das tarefas diárias.

Essa verdadeira parceria ocorre desde junho de 2016, então estima-se ainda muito trabalho a ser feito para fortalecer a relação. A julgar pela avaliação da própria RS, conforme Bruno expõe, a ausência dos problemas antigos permite uma expectativa das mais positivas para o futuro.